Quando consultar por perda auditiva? Um especialista nos explica

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

Um terço dos idosos com mais de 65 anos pode ter perda auditiva. Mas não é uma situação exclusiva da idade; os jovens também podem ser acometidos. Marco Lara, médico especialista em Audiologia e especialista clínico da CochlearTM México, tem umas recomendações.

A perda auditiva acomete uma em cada três pessoas adultas a partir dos 65 anos e depois dos 75 anos, quase a metade das pessoas tem alguma dificuldade para escutar. Quem afirma é o especialista clínico da Cochlear México, Marco Lara.

Marco Lara

Qual é o conselho? Identificar a tempo qualquer diminuição da audição e poder tomar ações para que a pessoa possa continuar escutando corretamente. Para ele, devemos estar atentos aos sinais que podem alertar sobre algum grau de perda auditiva.

Quais são os sinais precoces da perda auditiva?

O especialista clínico Marco Lara mostra uma lista curta de situações que indicam a possibilidade de alguém ter uma perda auditiva. Se você responder positivamente a uma ou mais destas perguntas, é uma boa ideia consultar com um especialista em audição.

perda auditiva

>>Como é a qualidade de vida depois de uma operação de implante auditivo?<<

A perda auditiva pode ser entre moderada e profunda e, sem considerar a gravidade, pode afetar até mesmo as atividades mais rotineiras ou a produtividade das pessoas.

Assim adverte a Organização Mundial da Saúde em seu Primeiro Relatório Mundial sobre a Audição: “A perda auditiva pode prejudicar muitos aspectos da vida: a comunicação, o desenvolvimento da linguagem e da fala na infância, a cognição, a educação, o emprego, a saúde mental e as relações interpessoais”.

A perda auditiva não acomete somete idosos. Existem também alguns fatores preexistentes em pessoas mais jovens que podem representar uma perda auditiva importante”.

Marco Lara

Médico especialista em Audiologia e especialista clínico da Cochlear México.

O médico especialista em Audiologia, Marco Lara, ressalta que, com a perda auditiva, existe um maior risco de apresentar doenças importantes como a demência e problemas emocionais como o isolamento social e a depressão. Existem razões suficientes para não descuidar da saúde auditiva e para consultar com um especialista se sentir que você, ou alguém próximo, tenha algum acometimento no sentido da audição.

Situações que podem acarretar uma perda auditiva

Existem condições, ambientes e decisões que podem afetar negativamente a capacidade de escutar. 

Existem fatores genéricos responsáveis por certos tipos de perda auditiva, como o caso da atresia e microtia. No entanto, existem outros fatores que podem ser controlados ou situações que podem ser evitadas para não afetar a saúde e o correto funcionamento dos ouvidos. 

O tabagismo, a deficiência nutricional, a exposição constante a sons altos e os traumatismos do ouvido e cabeça são algumas das ameaças para a boa saúde auditiva que podem ser evitadas. Existem ainda outros riscos como: o uso de medicamentos ototóxicos, cujas consequências devem ser de conhecimento tanto dos médicos quanto dos pacientes.

>>Como cuidar da audição desde a juventude?<<

Com qual especialista devemos consultar se sentimos que estamos perdendo a audição?

“O médico audiólogo, em conjunto com o otorrinolaringologista, são os especialistas capacitados para identificar o tipo e a gravidade da perda, realizar os testes auditivos necessários e buscar a origem ou explicação ao problema. Eles indicarão igualmente o tratamento mais apropriado para cada caso”, responde o Dr. Lara.

Vale a pena lembrar que, no México, a audiologia é uma especialidade médica. No entanto, em outros países da América Latina, outros profissionais da saúde auditiva como o fonoaudiólogo ou o audiólogo podem identificar e tratar a perda auditiva.

 

>>Quais são os testes de audição e como são aplicados?<<

 

Se você já recebeu um diagnóstico de perda auditiva e usa um aparelho auditivo, é possível que, com o tempo, já não seja o suficiente para ajudar a sua perda. Estes especialistas podem identificar se você pode ser um candidato para um implante auditivo que ofereça um benefício real para a sua condição.

O importante é consultar para identificar de maneira precoce qualquer tipo de perda e iniciar no caminho indicado pelos especialistas para tratar a perda auditiva.

Isenção de responsabilidade

Procure aconselhamento junto do seu profissional de saúde sobre os tratamentos para a perda auditiva. Os resultados podem variar e o seu profissional de saúde irá aconselhá-lo acerca dos fatores que podem afetar o seu resultado. Leia sempre as instruções de uso. Nem todos os produtos estão disponíveis em todos os países. Contacte o seu representante local da Cochlear para obter informações sobre os produtos.

Referências