Assim é a vida no colégio para uma criança com implante coclear

niveis-perda-auditiva
agosto 6, 2020

Ser usuário de implante coclear não significa, de nenhuma maneira, ter uma restrição para estudar. Ao contrário, as crianças implantadas podem — e devem — ir ao colégio para realizar seus estudos com normalidade.

Ter perda auditiva é uma condição que pode afetar o desenvolvimento social e acadêmico das crianças quando não recebem um tratamento oportuno. “As crianças,  cuja perda auditiva não é atendida, apresentam atraso no desenvolvimento da fala”¹, adverte a OMS com todos os problemas que isto causa prejudicando o rendimento escolar.

No entanto, o diagnóstico precoce e o correto tratamento das crianças com perda auditiva lhes permitem não somente ir ao colégio, mas também brincar, participar de atividades extracurriculares e praticar alguns esportes, inclusive a natação se essa criança estiver usando acessórios adequados.

A perda auditiva é uma condição de vida que, quando tratada, deixa de ser uma barreira.

Uma criança com implante coclear pode ir ao colégio?

Pode e deve ir ao colégio. Não somente porque a educação é fundamental na vida de qualquer pessoa, mas também porque permite desenvolver mais e melhor as suas habilidades sociais.

Claro que deve haver uma aproximação prévia à escola, uma preparação para quando chegar o momento em que as crianças implantadas irão ao colégio. Volta às aulas, um guia para pais e professores, desenvolvida pela Cochlear™, dá algumas dicas sobre o que os pais devem saber. Estas são algumas delas:

Controle da linguagem

Antes de começar a estudar é recomendável que as crianças tenham um bom controle da linguagem para que sejam independentes e possam conseguir desenvolver as suas habilidades sociais.

Domínio do dispositivo

É importante que conheçam o dispositivo, que saibam ligá-lo, desligá-lo, retirar as baterias ou avisar ao professor se alguma coisa estiver errada e o funcionamento não for o correto. 

Autogestão

Se as crianças responderem com confiança às perguntas que fizerem com relação à sua condição e seu dispositivo, será melhor. A perda auditiva não é uma condição que se deva esconder, pelo contrário, se os demais souberem a situação, poderão entender e ajudar quem tiver perda auditiva.

Por isso, é recomendável que as crianças saibam sobre a perda auditiva (se é unilateral, bilateral, perda auditiva profunda ou severa, por exemplo) e conheçam as partes do seu dispositivo.

Como os colégios apoiam as crianças com implantes cocleares?

No processo de aprendizagem devem participar tanto os pais quanto os professores e o pessoal administrativo das escolas e colégios, especialmente quando estas instituições não têm experiência prévia em oferecer educação para crianças com perda auditiva, pois juntos, é possível criar ótimas condições para o estudo e boas estratégias de aprendizagem.

O ideal é que no colégio sejam criados espaços sobre a perda auditiva entre os alunos, para que saibam da existência de uma condição que poderia ser desconhecida.

Trabalhar juntos pode ajudar a criar guias de trabalho que sejam úteis aos futuros professores que enfrentarão a tarefa de ter, entre seus alunos, crianças com perda auditiva.

Como é estudar com implantes cocleares?

Uma criança com implantes cocleares tem todas as capacidades cognitivas necessárias para estudar e aprender com qualquer modelo educativo. Pode assistir aulas (inclusive virtuais, como durante a pandemia gerada pelo coronavírus em 2020) e participar ativamente delas.

Uma boa ideia é que a criança com implantes se sente em um lugar que possa escutar melhor dentro da sala de aula, longe das distrações, como portas ou janelas, barulhos incômodos como os do ventilador ou ar-condicionado.

Há outras recomendações que os pais e professores devem estar atentos, como o uso dos acessórios que permitam escutar melhor o que o professor diz, que pode ser através de um dispositivo FM ou o Mini Microphone 2+.

Os implantes cocleares podem permitir que as crianças aprendam de uma forma satisfatória?

Sim, claro. O diagnóstico precoce da perda auditiva, o tratamento oportuno (com próteses auditivas, implantes cocleares ou implantes de condução óssea, segundo o caso), a correta estimulação da audição e aprendizagem da linguagem, permitem que as crianças com perda auditiva mantenham suas capacidades cognitivas intactas, do mesmo nível que outras crianças em idade escolar.

Tenha em conta
A informação neste guia é somente para fins educativos e não tem a intenção de diagnosticar, prescrever tratamento ou substituir o conselho do médico. Consulte o seu médico ou profissional da saúde sobre os tratamentos para a perda da audição. Eles poderão assessorar sobre uma solução adequada para a sua condição de perda auditiva. Todos os produtos devem ser usados somente segundo as indicações do seu médico ou profissional da saúde. Nem todos os produtos estão disponíveis em todos os países. Por favor, entre em contato com seu representante local da Cochlear™.

Fonte:
¹ Surdez e Perda da Audição

D1773233