Como é o processo de seleção para optar por um implante coclear?

Candidato implante coclear
agosto 17, 2020
A perda auditiva impõe restrições e desafios que obrigam as pessoas que enfrentam essa situação a se adaptarem às novas dinâmicas. Mas existem aparelhos auditivos que permitem continuar com uma vida normal tanto em nível pessoal quanto social, dentre eles, o implante coclear. Saiba se você cumpre com os requisitos para ter um!

Se você estiver lendo isso, é provável que saiba o que é um implante coclear e a forma como ajuda quando os aparelhos auditivos não são efetivos.

Nosso mundo está cheio de informação e grande parte viaja pelo ar em forma de ondas sonoras. O aparelho auditivo humano foi desenhado para recebê-las e decodificá-las, mas se uma parte do sistema falhar, nossa qualidade de vida será afetada. 

Algumas condições de saúde, como a perda auditiva neurossensorial (perda de sensibilidade no ouvido interno), podem nos impedir de realizar até mesmo as atividades mais básicas.

No entanto, não basta ser consciente da perda auditiva (surdez) e saber que existem soluções para tratar esta condição. No caminho, surge a pergunta: sou um candidato para um implante coclear?

Vamos esclarecer essa dúvida.

Quais são os critérios de elegibilidade para ter um implante coclear?

Existem critérios audiológicos que podem ajudar a reconhecer, depois de uma avaliação clínica, se essa ajuda é necessária. O seguinte checklist dará uma ideia mais clara:

  • Recebi um diagnóstico de perda auditiva de severa a profunda:

• Os sons se escutam apagados e confusos.
Sinto dificuldade em distinguir um ruído/barulho de outro.
Não entendo bem o que a outra pessoa me diz.
Tenho problemas para conversar por telefone.
É um desafio me comunicar em ambientes barulhentos.
• Somente entendo os outros se leio seus lábios.
• Piorou meu desempenho acadêmico ou profissional.
Noto atraso no desenvolvimento da linguagem (em crianças).

  • Ou fui diagnosticado com perda auditiva mista (lesões no ouvido externo ou médio e no interno).

Somente entendo a outra pessoa quando fala alto e há pouco barulho de fundo (perda auditiva condutiva na maioria das vezes).
Ou não entendo nada do que me falam (neurossensorial na maioria das vezes).

  • Tenho perda auditiva em um ou nos dois ouvidos (bilateral).
  • Os aparelhos auditivos já não me ajudam ou oferecem benefícios limitados.

Posso ser um candidato para um implante coclear?

Os implantes cocleares são uma solução adequada para pessoas de todas as idades. No entanto, uma vez diagnosticada essa condição médica, existem certos requisitos mínimos para a seleção de candidatos ao implante nos países cujos sistemas de saúde oferecem cobertura para esta alternativa.  

Por isso, a norma para autorização nesses países pode variar de acordo com cada legislação, mas, os requisitos gerais para a elegibilidade de candidatos, são os seguintes:

  • Não ter menos de 6 ou 12 meses de idade (depende do país).
  • O limite máximo de idade para o uso de implantes auditivos depende do país.
  • Alguns governos exigem que a perda auditiva seja em ambos os ouvidos.
  • Obter menos do que 51% em exames de reconhecimento de frases no ouvido a ser implantado.
  • Obter menos do que 61% em exames de reconhecimento de frases no ouvido a ser implantado (ou em ambos os ouvidos com aparelhos auditivos).
  • Contar com o tempo e a disposição para ir às sessões de programação e reabilitação auditiva (escuta, fala e linguagem).
  • Mostrar vontade para praticar a audição constantemente se comunicando com as pessoas no dia a dia.
  • Existem contraindicações médicas:

• Intolerância à anestesia.
• Doenças graves ou doenças crônicas instáveis.
• Surdez por lesões no nervo acústico ou na via auditiva central.
•Infecções ativas no ouvido médio.
• Cóclea não desenvolvida.
• Perfuração na membrana timpânica na presença de infecções ativas no ouvido médio.
• Ossificação da cóclea que não permita a inserção de eletrodos.

466 milhões de pessoas no mundo têm perda auditiva causadora de invalidez.

34 milhões são crianças.

900 milhões de pessoas sofrerão de perda auditiva até 2050.

Passo a passo para conseguir o benefício do implante coclear

1. Deve existir uma história clínica ou guia de diagnóstico (com um completo mapeamento do paciente).

2. Procurar um profissional de saúde para saber quais são as opções de dispositivos para a surdez severa ou profunda.

• Procurar a clínica mais próxima.

3. Podem ser necessários outros testes, radiografias ou uma imagem de ressonância magnética.

4. Determinar a necessidade dos implantes cocleares.

5. Ter claras as instruções de uso e a informação relacionada com o dispositivo escolhido.

6. Saber sobre a cobertura do sistema de saúde para o procedimento de implante coclear.

Alguns planos de saúde ou sistemas gerais têm cobertura.

• O médico ou o assessor de seguros pode ajudar você a determinar a documentação necessária.

7. Obter a aprovação do seguro.

8. Preparar-se para a cirurgia de implante.

Acesso ao implante coclear em cada país

Com estes elementos você poderá responder à pergunta: Que necessito para poder ter acesso a um implante coclear? Informe-se bem e tome a melhor decisão para melhorar a sua qualidade de vida e manter os vínculos com seu entorno.

Tenha em conta
A informação neste guia é somente para fins educativos e não tem a intenção de diagnosticar, prescrever tratamento ou substituir o conselho do médico. Consulte o seu médico ou profissional da saúde sobre os tratamentos para a perda da audição. Eles poderão assessorar sobre uma solução adequada para a sua condição de perda auditiva. Todos os produtos devem ser usados somente segundo as indicações do seu médico ou profissional da saúde. Nem todos os produtos estão disponíveis em todos os países. Por favor, entre em contato com seu representante local da Cochlear™.

D1773232