Otite média crônica e perda auditiva (hipoacusia): qual é a relação entre estas duas condições?

Otite media
novembro 18, 2020

Aproximadamente 0.5% da população adulta tem otite média crônica. Desse percentual, metade desenvolverá uma perda auditiva (hipoacusia) associada. A prevalência é mais alta em países com acesso precário aos sistemas de saúde¹.

O equilíbrio entre as partes que tornam possível a audição pode ser afetado por diferentes fatores. A exposição frequente a barulhos altos, por exemplo, vai diminuindo a capacidade de escutar. Ou também os medicamentos ototóxicos.

Mas também há condições que prejudicam a saúde do ouvido, como por exemplo a otite média crônica (OMC). Trata-se de uma inflamação repetitiva que afeta as estruturas do ouvido médio, onde se encontram os ossículos: martelo, bigorna e estribo, além da membrana timpânica.

Fisiologia Ouvido Médio

Sabe-se que a otite média é frequente nas crianças — mais de 80% apresenta pelo menos um caso antes dos 3 anos de vida² e, mesmo existindo tratamento, pode ocasionar a perda auditiva (hipoacusia).

Posso ficar surdo por uma otite média crônica?

Sim. Sem o atendimento necessário (ou inclusive sendo atendido), a otite média crônica pode causar problemas na capacidade de escuta, pois é possível que ocasione um colesteatoma (crescimento anormal e destrutivo de tecido não cancerígeno) ou lesões nos ossos do ouvido médio que são os que tornam possível a audição.

Além disso, a otite média crônica faz com que exista, permanentemente, líquido no ouvido médio que bloqueia e amortece o som da fala, dificultando tanto a capacidade de ouvir quanto de localizar a origem do som.

Otite média crônica: qual é a causa?

A principal causa está relacionada com um funcionamento incorreto da trompa de Eustáquio que tem, entre suas funções, drenar o ouvido médio. Quando isto não acontece, aumenta a possibilidade de que se desenvolvam vírus e bactérias que afetam a saúde do ouvido. 

Estes problemas podem ser ocasionados por resfriados ou alergias responsáveis pelas inflamações, mas também podem estar relacionados com malformações na própria trompa de Eustáquio. Uma otite média com atendimento inadequado pode desencadear uma otite média crônica.

Qual tratamento posso seguir se tenho otite média crônica?

São os especialistas que devem definir os passos a seguir. O tratamento da otite média crônica dependerá de várias condições: a idade do paciente, a gravidade da inflamação ou quão avançada está a inflamação, entre outras.

No entanto, se a OMC já debilitou a qualidade da audição ou se já estiver apresentando perda auditiva, talvez essa pessoa seja uma candidata para receber um implante de condução óssea que poderia ser uma melhor opção quando comparada com a utilização de aparelhos auditivos, pois deixa desbloqueado o canal auditivo afetado, permitindo que as supurações relacionadas com a otite média crônica sequem corretamente reduzindo o risco de novas infecções³.

Como posso identificar se a minha dor de ouvido é causada por uma otite média crônica?

São os especialistas médicos que darão um diagnóstico para determinar se efetivamente uma pessoa tem otite média crônica de acordo com os sintomas que tiver. No entanto, há alguns sinais que servem de alerta.

A febre, supuração líquida pelo ouvido (por um dos ouvidos ou pelos dois), dificuldades auditivas e dor de ouvido não devem ser ignorados, especialmente se ocorrerem com frequência ou se repetirem constantemente. 

Deixar a otite média crônica sem tratamento, como dito anteriormente, pode causar perda auditiva. Nas crianças pode ocasionar, além de tudo, atrasos no desenvolvimento da fala e da linguagem.

Tenha em conta
A informação neste guia é somente para fins educativos e não tem a intenção de diagnosticar, prescrever tratamento ou substituir o conselho do médico. Consulte o seu médico ou profissional da saúde sobre os tratamentos para a perda da audição. Eles poderão assessorar sobre uma solução adequada para a sua condição de perda auditiva. Todos os produtos devem ser usados somente segundo as indicações do seu médico ou profissional da saúde. Nem todos os produtos estão disponíveis em todos os países. Por favor, entre em contato com seu representante local da Cochlear™.

Referencias
¹ World Health Organization. Chronic suppurative otitis media; burden of illness and management options. Geneva, Switzerland. World Health Organization. (2004); 2-83.
² Otitis media (infección del oído medio) https://www.stanfordchildrens.org/es/topic/default?id=otitis-media-infeccin-del-odo-medio-90-P05164
³ 1. Orji FT, O Onyero E, Agbo CE. The clinical implications of ear canal debris in hearing aid users. Pak J Med Sci. 2014;30(3):483–487

D1776947