Como prevenir a perda auditiva

soluciones para la hipoacusia
outubro 30, 2018

Nós compartilhamos com você algumas recomendações que podem ser usadas para cuidar da sua audição e também da audição dos seus filhos.

Embora em alguns casos a perda auditiva seja devida a uma condição congênita, em muitos outros há a possibilidade de resultar de causas que podem ser prevenidas. A exposição inadequada ao ruído, poluição sonora ou infecções são algumas das causas da perda auditiva que podem ser evitadas.

problemas de audicion

Como prevenir a perda auditiva?

Estas são algumas recomendações que podem ajudar a prevenir a perda auditiva, bem como os cuidados necessários para o bem-estar das crianças.

  • Evite ruídos altos

O ruído ambiental pode ser uma das causas da perda auditiva. Uma maneira de preveni-la é evitar a poluição sonora da cidade, ruídos altos e desagradáveis, como os sons das máquinas e ferramentas usadas na construção, ruídos gerados pelo fluxo de veículos, buzinas de carros, caminhões, ônibus, alto-falantes com nível de volume alto em espaços públicos e sons industriais de fábricas.

No caso das crianças, deve-se evitar a exposição a esses ruídos mencionados, já que seus ouvidos são mais delicados.

  • Preste atenção aos fones de ouvido

Se o seu filho ou você mesmo usa fones de ouvido (não como aparelho auditivo, mas para a reprodução de áudio de diferentes dispositivos eletrônicos), você deve ter em mente que usá-los por longos períodos de tempo e em alto volume pode causar perda de audição.

Existe uma preocupação crescente com os potenciais danos causados ​​pelo uso de fones de ouvido em aparelhos de áudio digital, como smartphones, tablets e mp3 players.

Sugere-se usar fones de ouvido de boa qualidade, embora seu custo seja maior. Suas vantagens estão no fato de que uma tecnologia mais avançada pode ajudar a eliminar melhor o ruído externo e permitir que o áudio seja ouvido com mais qualidade sem a necessidade de aumentar o volume.

Entre os fatores para escolher os fones de ouvido estão: ergonomia, materiais, tecnologia e tamanho.

Recomenda-se utilizar “a regra de 60”. Ou seja, não ouça música com mais de 60 decibéis por mais de 60 minutos.

60 dB equivalem aos sons em um escritório ou restaurante com muito movimento ou ainda uma conversa em voz alta.

Pode lhe interessar: o que é perda auditiva ou surdez?

  • Controlar o nível de volume de dispositivos eletrônicos

Altos níveis no volume de dispositivos eletrônicos, como televisores, tocadores de música ou telefones celulares, podem afetar a audição em longo prazo. Recomenda-se evitar exceder os níveis de volume sugeridos na ficha técnica de cada dispositivo eletrônico.

Se as crianças tendem a aumentar muito o volume de aparelhos eletrônicos, isso pode ser um sinal de perda auditiva. Recomenda-se monitorar esse comportamento e, se persistir, agendar uma consulta médica.

  • Não use cotonetes 

Essa recomendação vai contra a opinião de muitos que acreditam que limpar as orelhas diariamente com cotonetes é sinônimo de higiene auditiva.

A esse respeito, especialistas recomendam não introduzir cotonetes ou outros objetos nos ouvidos.

É necessário especificar que, quando eles são introduzidos, acabam empurrando o cerume e tapando os ouvidos. Por isso, devemos ter muito cuidado com crianças e bebês. Embora seja necessário limpar os ouvidos, também devemos levar em conta que o cerume protege o ouvido de várias infecções.

Para limpar a orelha, molhe-a no chuveiro e limpe sua área externa com uma toalha ou um pano úmido. De fato, o ouvido é um órgão que possui um sistema natural de autolimpeza, isto é, limpa-se por si.

Estes são os sinais para detectar se o seu filho ou filha sofre de perda auditiva

  • Mantenha as orelhas secas

Seque bem os ouvidos depois de tomar banho ou nadar, pois é muito importante prevenir muitas infecções por fungos. Os canais auditivos devem ser mantidos bem secos, sem umidade.

Ao praticar natação, especialmente as crianças, devem-se usar protetores de ouvidos que protegem adequadamente os ouvidos externos.

  • Trate as infecções adequadamente

Infecções nos ouvidos são uma das maiores causas de perda auditiva. Isso inclui gripes, resfriados, entre outras que, se não forem tratadas adequadamente, podem ser prejudiciais.

Esses são alguns cuidados para evitar a perda auditiva. Mas, além disso, você deve levar em consideração buscar orientação e um diagnóstico preciso com um médico otorrinolaringologista.


Tenha em mente

As informações contidas neste guia são apenas para fins educacionais e não se destinam a diagnosticar, prescrever tratamento ou substituir o aconselhamento médico. Consulte o seu médico ou profissional de saúde sobre tratamentos para perda auditiva. Eles serão capazes de aconselhar sobre uma solução adequada para a sua condição de perda auditiva. Todos os produtos devem ser utilizados apenas conforme indicado pelo seu médico ou profissional de saúde. Nem todos os produtos estão disponíveis em todos os países, portanto, alguns dos produtos aqui mostrados podem não estar disponíveis na sua região. Por favor, entre em contato com seu representante local da CochlearTM.